Palavras podem ser lindas e convincentes, mas os nossos atos sempre falarão mais alto do que nossas palavras, aliás eles ecoam na eternidade.
As palavras do sábio devem ser ouvidas em silêncio e guardadas no mais íntimos de si. O grande problema das palavras é que elas podem ser esquecidas, mas o legado que deixamos por meio dos nossos atos ficarão marcados nos anais da história e na vida daqueles que conosco convivem. Viver aquilo que falamos é o grande desafio da espécie humana, porque a verdade é que maior proveito temos ao viver do que falamos, do que falar do que não vivemos. Bons exemplos, passe adiante!

Dr. Márcio Faria